Rua Vereador Luiz Pícolli, 299 - Centro - CEP:85415-000
Acessibilidade

DIA DA VOZ

Centro Multiprofissional de Cafel?ndia recomenda cuidados com a voz

Segunda-feira, 14 de abril de 2014

Última Modificação: // | Visualizada 531 vezes

O CEM conta com três fonoaudiólogas que atendem a rede municipal de ensino


Ouvir matéria

Nesta quarta-feira, dia 16, é comemorado mundialmente o “Dia da Voz”. Data importante que pretende levar a uma reflexão sobre como esse som é importante na vida do ser humano. Além de ser primordial para a comunicação humana, a voz demonstra emoções, faz parte da personalidade, se apresenta no canto, na fala e grito. Muitos profissionais utilizam a voz como instrumento de trabalho, entre eles, professores, jornalistas, radialistas, vendedores, cantores, atores entre outros.

 

A voz é um som complexo, produzido pela laringe, por meio da vibração das pregas vocais, que depende do ar que vem dos pulmões e a força muscular laríngea. Esse ar passa pelas pregas vocais que vibram, chegando às cavidades ressonantes como boca e nariz, juntamente com a articulação da fala a voz é então expressada.

 

A secretaria de Educação e Cultura do município de Cafelândia conta com a atuação de três fonoaudiólogas que atuam no CEM (Centro de Educação Multiprofissional). Tais profissionais atendem a demanda escolar municipal, desde os CMEI´s ao 5º ano do ensino fundamental, realizando atendimento nas diversas áreas da fonoaudiologia dentre elas: linguagem, fala, leitura e escrita, voz, motricidade orofacial e habilidades auditivas. Cada fonoaudióloga atende o total de 20 horas semanais. O CEM é coordenado pela professora Cleusa Ramos e funciona em anexo ao CMEI João XXIII.

 

“O Centro Multiprofissional, implantado no começo de 2013, é uma grande conquista da nossa população, pois através das nossas profissionais são diagnosticados possíveis sintomas que podem ser tratados a tempo, antes de prejudicar o rendimento escolar dos nossos alunos. O cuidado com a voz também é uma das nossas preocupações”, informou a secretária de Educação e Cultura, Terezinha de Carvalho Leal Barbosa.

 

A equipe de fonoaudiólogas do CEM lembram que na presença de sinais como cansaço vocal, rouquidão a mais de 15 dias, afonia, entre outros, é necessário procurar um fonoaudiólogo ou médico otorrinolaringologista, uma vez que estes sintomas podem causar patologias vocais e devem ser diagnosticados e tratados adequadamente.

 

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

 Galeria de Fotos

 Veja Também