Rua Vereador Luiz Pícolli, 299 - Centro - CEP:85415-000
Acessibilidade

PREVEN??O

A saúde cafelandense está mais uma v

Sexta-feira, 26 de junho de 2015

Última Modificação: // | Visualizada 213 vezes

O aparelho, que custou R$ 13 mil, atender todas as crianas nascidas no municpio


Ouvir matéria

A saúde cafelandense está mais uma vez em destaque perante os demais municípios da região e também de localidades mais distantes. A causa disso é a aquisição de um aparelho especial usado por fonoaudiólogos para realizar o chamado “Teste da Orelhinha” em recém-nascidos. O procedimento tem o nome técnico de “Exame de Emissões Otoacústicas Transientes” e é responsável por identificar precocemente possíveis problemas auditivos nos bebês e encaminhá-los aos profissionais responsáveis. Além de Cascavel, Cafelândia é o único município a ter o equipamento, com exceção dos de grande porte.

 

“Antes o município encaminhava os pacientes para serem atendidos em Cascavel, tendo apenas 11 vagas por semana. Mas, mesmo com as mães em recuperação da cesárea, muitas vezes os pais tinham que levar a criança mais de uma vez, pois se ela estiver agitada ou chorando o exame não pode ser realizado. Outros problemas como líquido no ouvido também podem fazer com que o exame precise ser refeito, tendo os pais que retornar a Cascavel”, explica a secretária de Saúde, Eliane Cristina da Silva Pinho.

 

Ela continua e acrescenta que “agora estamos atendendo todos os recém-nascidos aqui mesmo no município, que hoje chega a um total aproximado de 50 crianças por mês, proporcionando mais comodidade aos munícipes, principalmente para as mamães que precisam descansar. Ao invés de dedicar meio dia ou até um dia todo para o exame, a situação será resolvida em alguns minutos”, sublinha Eliane.

 

A fonoaudióloga Karla Skura Motter é a responsável por aplicar o exame nas crianças e aponta que “ele é muito importante nos primeiros dias de vida do recém-nascido, pois caso o mesmo apresente perda auditiva, os profissionais poderão realizar intervenção precoce até aos seis meses de idade, melhorando significativamente a qualidade de vida da criança e o seu desenvolvimento cognitivo. Caso a criança falhe no exame inicial, não há motivo para se preocupar, pois ela será encaminhada para exames complementares para só aí ser dado um diagnóstico por um médico. Mesmo uma criança saudável, por muitas razoes, pode falhar no exame inicial como, por exemplo, por conta de ruído no ambiente e choro da própria criança.

 

“A saúde é uma das nossas grandes prioridades e estamos muito felizes em poder proporcionar esta comodidade aos próprios recém nascidos do nosso município e também para os pais. Muitas vezes quem não passou pela experiência de ter um filho, ainda não consiga imaginar a situação de ter que se deslocar para outra cidade, ainda mais no inverno como é o caso dos dias que estamos passando agora. Parabéns para toda a equipe da saúde e que nossos bebês possam ter o melhor atendimento possível”, acrescenta o prefeito Valdir Andrade da Silva “Bugrão”.

 

A fonoaudióloga estará disponível exclusivamente para a aplicação do exame nos bebês num período de 20h por semana, sendo que os atendimentos acontecerão nas UBS’s Os Pioneiros e Parque Alvorada, atreladas ao atendimento do dentista. Todo recém nascido no município irá passar pelo procedimento, encaminhado pelo enfermeiro. Além do teste, a fono ainda realizará orientações com as mães sobre audição e linguagem.

 

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAO

 Galeria de Fotos

 Veja Também