Rua Vereador Luiz Pícolli, 299 - Centro - CEP:85415-000
Acessibilidade

SAÚDE

Projeto de aeróbica muda a vida de mulheres em Cafelândia

Terça-feira, 24 de maio de 2016

Visualizada 476 vezes

As alunas do MCM recebem gratuitamente acompanhamento nutricional e atividade física/hoje (24), elas se apresentam na entrega da revitalização da Praça Brasília


O projeto MCM (Mulher Cafelandense em Movimento) foi criado em 2015 pelo executivo municipal para atender as mulheres do município com aulas de ginástica e acompanhamento nutricional gratuito. As aulas de aeróbica são realizadas três vezes por semana em conjunto a isso, as participantes recebem acompanhamento nutricional e após sete meses, as quase 200 participantes já eliminaram mais de 360 quilos, isso é um ganho para o município porque evita doenças e mostra o resultado do projeto.

Hoje a obesidade é considerada uma doença inflamatória que pode causar outros tipos de doenças, a exemplo problemas cardiovasculares, inchaço, retenção de líquidos corporais, problemas renais e síndrome metabólica. O projeto passou a tratar a raiz dos problemas, porque evitando que essas doenças se propaguem na população, menos pessoas ficam doentes e com isso o SUS (Sistema Único de Saúde) funciona com mais qualidade no município.  “O acompanhamento nutricional é feito individual, com data e horário agendados, elas não precisam ficar muito tempo na fila, fazemos uma avaliação e o tratamento é de cada paciente e com isso conseguimos hábitos nutricionais e com isso melhoramos a autoestima e a qualidade de vida, estamos trabalhando na prevenção de doenças com o Projeto Mulher Cafelandense em Movimento”, explica a nutricionista do MCM, Andréia Meurer.

As mulheres que têm interesse em participar do projeto, precisam ter mais de 18 anos e devem comparecer no Centro de Convivência Araci Zatta nas aulas que são realizadas na segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira às 18h e 19h. O acompanhamento nutricional está sendo feito conforme agendamento prévio no Centro de Saúde Arnaldo Busato.

 

“Vemos estampado no rosto das alunas a felicidade de ter perdido peso e reduzido medidas com o acompanhamento nutricional e atividade física, estamos fazendo o máximo para atender todas essas mulheres dentro das suas necessidades, gratuitamente”. Explica a nutricionista.

 

Uma das alunas que mais perdeu peso foi a professora, Tania Regina dos Santos Skoteki, que eliminou 22,4 Kg com sete meses de acompanhamento no MCM. 

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO PREFEITURA DE CAFELÂNDIA

O PROFESSOR FÁBIO LIMA ACOMPANHADO DA ASSISTENTE E DAS ALUNAS Crédito: Foto: Silmara Santos/ Assessoria
Legenda: O PROFESSOR FÁBIO LIMA ACOMPANHADO DA ASSISTENTE E DAS ALUNAS

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias