Rua Vereador Luiz Pícolli, 299 - Centro - CEP:85415-000
Acessibilidade

CONHECIMENTO

Produtores de leite de Cafel?ndia participam de Jornada Tecnol?gica

Sexta-feira, 05 de setembro de 2014

Última Modificação: // | Visualizada 540 vezes

Entre os assuntos tratados no evento, estiveram integração, lavoura e pecuária


Ouvir matéria

À convite da secretaria municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Cafelândia e Emater, com apoio do Sindicato Rural, 80 produtores de leite do município participaram, nesta quinta-feira, 4, da 1ª Jornada Tecnológica no Campo, que teve o objetivo de promover a difusão de tecnologias com os participantes com o tema: “Integração, Lavoura e Pecuária”. O evento, organizado pelo Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e Emater, foi realizado no Polo de Pesquisa Oeste do Iapar, em Santa Tereza do Oeste.

Os produtores cafelandenses tiveram a oportunidade de participar de debates com técnicos e especialistas com temas que envolveram assuntos como cultivares e forrageiras de inverno, consórcio de gramíneas e leguminosas, manejo de pastagens de inverno sob pastejo, cultivares e uso de aveia granífera na alimentação animal, utilização da aveia no manejo de nematoides, pastagens irrigadas e sobressemeadura de aveia mais azevém, mais leguminosas.

O Sistema Integração, Lavoura e Pecuária, visa revezar as atividades de agricultura e de pecuária dentro de uma mesma propriedade, além de constituir uma prática sustentável e pode significar economia e rentabilidade para o produtor. Em resumo, os resultados mais imediatos dessa integração estão na recuperação das pastagens degradadas, o que dispensa a necessidade de abertura de novas áreas. Ao instituir um mesmo sistema para cultivo e criação animal, o produtor também sente os benefícios no bolso, como por exemplo, a diminuição de custos com maquinário e combustível.

Para o secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município, Fábio Luis de Oliveira, um evento como este significa investir no conhecimento do produtor leiteiro. “O nosso objetivo é oferecer ao produtor informações tecnológicas para que sejam aplicadas na propriedade, visando o fortalecimento da atividade, neste caso a leiteira. Promover a participação dos produtores em eventos como este, com a parceria da Emater, é uma forma da administração Bugrão e Junior Motter investir na profissionalização dessa categoria”, explica Oliveira.

Também participaram da Jornada Tecnológica os extencionistas da Emater, Vania Rejane Barato e Altair Jede, os veterinários Denis Costa e Algela Sovinski e o engenheiro agrônomo Rogério Schmidt. Ainda segundo informações da secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, hoje o município cafelandense conta com 95 produtores de leite.
 

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

 Veja Também